sexta-feira, 29 de abril de 2011

5 semanas e 2 cidades depois...

Bom, eu tinha escrito um texto enooorme, mas na hora de fazer o upload deu erro e a anta aqui nao tinha salvo em nenhum outro lugar, entao perdi tudo e vim escrever tudo de novo...

Primeiramente quero avisar que este post vai ser soh escrito, pois ainda nao tenho meu proprio PC para colocar as fotos e ainda nao perguntei pros pais se posso por fotos das kids.

Muitas coisas aconteceram depois da segunda semana, eu entrei em rematch, sim, nao foi nenhum pesadelo como todas pensam, as coisas nao estavam funcionando na outra casa, mesmo a familia sendo muito legal comigo e simpaticos e tal, eu ficava o dia inteiro sozinha com o bebe, e me sentia muito sozinha pois nao tinha ninguem pra conversar, pra brincar junto e tudo mais, entao decidimos que seria melhor eu arrumar outra familia com criancas maiores e elas acharem outra au pair que nao se importasse em ficar sozinha com um bebe que nao fala nem brinca ainda.

Depois de conversar com familias de NY e uma familia de Washington DC, decidi fechar com uma familia da California, que mora perto de San Francisco. Pois eh, California eh do ooooutro lado dos EUA, provavelmente eh o lugar mais longe que eu poderia ir, foram 6 horas de voo! A familia tem 2 criancas, uma menina de 5 anos e um menino de 7, ambos estudam de manha e eu fico com eles a tarde, mas eles tem varias atividades, baseball, soccer, entao cada dia o horario eh diferente.

No dia que eu cheguei no aeroporto a Host Mom foi me buscar com o menino, e ele me deu um abraco como se eu fosse a prima mais velha que tinha ido viajar sabe, achei super fofo :) Chegando em casa estavam o Host Dad e a menina, que no comeco estava meio envergonhada, mas aos poucos foi se soltando e no fim do dia era como se ja nos conhecessemos ha muito tempo!

O que eu mais sentia falta na outra casa era isso, conversar com as criancas, peguntar como foi o dia, o que eles fizeram na escola, assistir as apresentacoes, eles jogando baseball, torcer por eles no futebol, andar de bicicleta, pular na cama elastica e todas essas coisas que sao normais pra eles, mas que pra mim significam muito!

Essa semana aconteceram umas coisas engracadas, a menina disse 2 dias seguidos que eu era a melhor au pair que ela ja teve (eles ja tiveram 3 ou 4 au pairs antes de mim), e eu sei que vai ter algum dia que ela vai dizer que me odeia e nunca mais qur falar comigo, mas ouvir primeiro ela dizer que gostava de mim foi indescritivel! Ouvir eles pedindo pra vc pular na cama elastica com eles, brincar no parquinho, ler um livro e ateh ouvir eles pedindo pra vc sentar do lado deles no jantar sao coisas simples mas eh exatamente disso que eu sentia falta!

Nao sei exatamente o que aconteceu com a outra au pair deles, soh fiquei sabendo que ela desistiu depois da primeira semana pq as criancas tavam deixando ela louca...talvez seja essa coisa que eu tenho de as criancas gostarem de mim logo de cara sabe, isso simplismente acontece comigo, e eu realmente nao tenho grandes reclamacoes pra fazer das kids, nem da familia. Eu realmente acredito que TUDO na vida acontece por um motivo que veremos no futuro.

Obvio que o que eu mais sinto falta aqui eh da minha familia, do Marcos e dos meus amigos, aqui nao tem esse negocio de abracar e beijar toda hora, eles se cumprimentam com um aperto de mao e esse eh o contato maximo sabe, coisa de americano...Por isso preciso conhecer outras au pairs brasileiras que entendam exatamente como me sinto aqui, por mais que vc se esforce pra se sentir em casa, la no fundo vc sabe que nao eh sua casa nem sua familia.

Bom, espero que as criancas sejam boazinhas como nessa semana que passou, e sei que eu vou ficar mais feliz quando eu comecar a ir pra aulas e outros lugares, manter-se ocupada eh a melhor coisa pra fazer o tempo passar rapido! Essa semana conheci a Jaqui, uma au pair da Africa do Sul que mora a menos de 5 min aqui de casa e esta aqui ha 1 mes, e a Rafaela, que
mora a uns 25 min de carro daqui e ja eh au pair ha 1 ano e vai ficar mais 1 ano com a mesma familia. Soh de saber que tem outras au pairs por perto ja me faz ficar mais aliviada que nao estou sozinha.

Queria muito colocar fotos daqui, eh um bairro pequeno, com casas no estilo sitio sabe, e tem que ir de carro pra todo lugar, mas a cidade eh bem pequena, na mesma rua tem um mercadinho (feito de madeira), o corpo de bombeiros (feito de madeira), a escola (de madeira) e uns restaurantes (adivinha? de madeira!), ateh o banco aqui parece aquelas casinhas de
faroeste, de madeira com uma varandinha na frente...muito diferente de NY! Mas indo pra Redwood (uns 25 min de carro) ai tem cidade mesmo, com lojas grandes, cinema e tudo mais, entao nao me sinto isolada da civilizacao!

Nao quero deixar esse post muito grande, queria soh contar as novidades e no proximo post prometo colocar fotos da cidade e fotos minhas tbm!

Beijos pro pessoal que le aqui, especialmente pro pessoal do Brasil que eu tanto sinto falta!
Tenham um otimo fds!

Debora.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

2 semanas em NY!

Pois eh, ja estou aqui ha 2 semanas (esse pc nao tem acento, til nem cedilha!) e vou contar um pouco do que jah aconteceu ateh agora...

O embarque foi meio tumultuado, cheguei bem antes, encontrei a Luciana (outra au pair, de Chicago) e fizemos o check-in juntas...acontece que a fila da imigracao estava bem grande, entao tivemos literallmente que sair correndo pra fila do embarque, e despedida dos meus pais, do namorado e do meu padrinho(que chgou nos 45 do segundo tempo!) foi muito rapida, um abraco, beijo e um "vou sentir saudades" tao rapido que nem deu tempo de chorar! No fim acho que foi bom, pq viajar chorando deve tornar as coisas muito mais dificeis.


Ate q levei pouca babagem!

Com o namorado no aeroporto (ainda nao recebi as fotos da minha familia)

No aeroporto encontrei outros au pairs (Diana, Gabriel e Monica) entao acabei me distraindo conversando com eles, e foi bem tranquilo, ateh chegarmos em Washington...nossa, nunca achei que diria isso mas nao pretendo voar de united airines nem se ganhar uma passagem! O voo da conexao atrasou 10 horas (sim, ficamos 10 horas no aeroporto fazendo NADA!), cancelaram o voo pq nao tinha comandante (pode isso, o comandante simplesmente sumiu!) entao nos mandaram por outra companhia, US Airways, num aviao de una 10 metros quadrados para 20 passageiros. Ao menos chegamos saos e salvos, o problema foi achar as malas depois. Eh, as malas vieram no outro voo da united, entao tivemos que andar tooodo o aeroporto pra buscar as malas...uufa! Pegamos um taxi e fomos pro hotel e de lah direto pra cama, pq estavamos exaustos!

O treinamento foi bem tranquilo, as vezes era meio chato mas no geral foi muito bom, pois pegamos uma palestrante legal. E depois do treinamento ainda deu para conhecer muita coisa, Times Square, Central Park e muitas lojas enormes e tentadoras!

Sooper Au Pairs!
Loja da M&M's
Central Park
Rockfeller Center

Bom, cheguei na casa da familia na sexta, pouco mais de 1 semana atras, e pelo que pude ver, creio que nao terei nenhum problema de adaptacao, minhas host moms sao muito simpaticas, os avos do baby sao bem legais tbm e o baby me da um certo trabalho durante o dia, mas isso eh pq ele ainda eh mto pequeno, daqui 1 ou 2 meses o schedule dele vai melhorar. A casa eh bem legal, o bairro tem milhares de casas iguaizinhas, e meu quarto no basement eh muito grande, da pra morar nele :)



Muitas gavetas :)

Da pra me espalhar na cama inteira!

Banheiro soh meu, oba!

Aqui pertinho de casa tem um parque muito bonito, com quadras de tenis, campos de baseball, playground, pista de corrida e varios esquuilos andando pelas arvores!

Esse dia tava uns 5 graus Celsius

Campo de futebol e pista de corrida em volta

Parece coisa de filme!

Bom, conforme for acontecendo mais coisas eu coloco as novidades por aqui!

Espero que as au pairs que estao vindo facam boa viagem, e pras que ainda nao tem match, boa sorte e nao desistam!

Beijos,
Debora :)